3% | Primeira temporada

3 de dezembro de 2016
3% - série Netflix
Hello, pessoas 
I'm back para falar mais uma vez sobre algo que adoro: séries! Meu primeiro post aqui no blog foi sobre a primeira temporada da série The Crown – se não conferiu minha resenha, faça o favor de conferir o quanto antes!


Hoje vou papear um pouco sobre outro lançamento recente: 3% (Três Por Cento), primeira produção brasileira original da Netflix, lançada semana passada. A primeira temporada possui oito episódios com cerca de quarenta minutos de duração. 

A história
Em uma sociedade de extrema pobreza (meeesmo), apenas 3% da população consegue ter uma vida melhor e quase paradisíaca no chamado Maralto, no "Lado de lá". Os outros 97% são condenados a habitar o "Lado de cá" pelo resto da vida, convivendo sem leis ou regras e de forma desumana.


Mas como decidir quem merece estar entre os 3% privilegiados? A resposta é apenas uma: o Processo. Ao completarem 20 anos, os jovens enfrentarão uma longa jornada de testes físicos e psicológicos, todos muito extremistas e intensos. Quem passa ganha o direito de ir ao Maralto sem volta, inclusive deixando a família para trás. Quem não passa, volta ao estado de extrema pobreza do Continente. Alguns muitos ainda ficam pelo caminho, perdendo a vida nas duras provas da seleção. A palavra-chave vigente naquela realidade é mérito

Mas há quem não concorde com a grande desigualdade causada pelo Processo. É aí que surge A Causa, uma organização de pessoas do Lado de cá que buscam enfraquecer o Lado de lá, infiltrando seus membros por meio do Processo. A série, então, abordará um dos anos de seleção sob o comando de Ezequiel e os problemas que ele vai enfrentar. Afinal, A Causa se mostra cada vez mais ofensiva e qualquer um dos jovens candidatos no Processo pode ser um infiltrado. Mas quem? E o que quer? Eis a questão.


Personagens e atuações
Ao longo dos episódios alguns personagens têm suas histórias mais aprofundadas, em geral mostrando o passado destes e as motivações diversas que os leva a participar do doloroso Processo. Quatro se destacam: Michele, Fernando, Rafael e Joana.

A primeira, Michele, talvez seja a mais abordada na série. Não dá para falar muito sobre ela sem dar spoiler, mas é bom saber que a garota é determinada, inteligente e, inesperadamente, fácil de ser manipulada. Fernando é um dos personagens que mais se supera durante toda a história. Cadeirante, lida não só com muitas rudezas de terceiros devido sua condição, mas com seus próprios dilemas. Rafael é o rude, já dizendo. Já chega mostrando que é capaz de tudo para se manter na disputa, e sofre, ao longo dos episódios, uma nem tão inesperada ou inovadora mudança de caráter e atitude. Mesmo assim, o considero um dos personagens mais interessantes da trama.


A personagem mais notável, sem dúvidas, é Joana. Ela é a mais solitária do grupo, não tendo realmente nenhum familiar ou amigo no Lado de cá. Carrega consigo um arrependimento profundo que a torna arisca, misteriosa e forte perante os outros. Teve um crescimento enorme ao longo da história, além de ser tema dela a música mais arrepiante e brasileiríssima da trama: Mulher do Fim do Mundo, por Elza Soares.

Além de destacar o impacto da personagem Joana, interpretada por Vaneza Oliveira, vale ressaltar também o papel de Mel Fronckowiak, como Júlia, esposa de Ezequiel. Embora o episódio tenha sido um pouco mais arrastado, é notável o destaque da atuação de Mel. Sua personagem vai muito fácil de bela, recatada e do lar ao desequilíbrio e desespero. 

Contudo, apesar dos dois destaques (Vaneza e Mel), fiquei até surpresa com a boa atuação de todo o núcleo principal. Cada ator teve o seu momento de mostrar a intensidade do personagem e o resultado foi bem impressionante.

3% - série Netflix


O todo, as opiniões
É inevitável ter um medinho de se decepcionar ao clicar no play para assistir 3%, afinal, é a primeira série brasileira produzida pela Netflix, é muita responsabilidade! A história não é tão nova para quem já acompanha distopias como Divergente, mas também não é algo que se jogue fora sem mais nem menos, com o pretexto de "mais uma história imitando Jogos Vorazes". Gente!!

A série saiu agora como produção da Netflix, mas já existia desde 2011 (procurem no YouTube!), período em que os atuais grandes sucessos distópicos ainda começavam a conquistar fãs em cenário nacional e internacional. Então, é inevitável não notar aspectos bem familiares com outras produções do gênero.

3% - série Netflix
3% - série Netflix

Os episódios são bem estruturados, principalmente quando se destinaram a entrelaçar passado e presente dos candidatos, mantendo uma boa dinâmica. Atuações, cenários, figurinos e efeitos também foram OK. Mas, claro, muito poderia ter sido melhor. Foi possível ver furos bem bobos na história, por exemplo, embora alguns possam ser propositais para dar abertura a uma nova temporada. 

De certa forma, a série como um todo ficou devendo algo que ainda não consigo entender e colocar em palavras. Não sei o "algo mais" que faltou. Mas, ainda assim, 3% consegue ser boa e, pasmem, viciante! Afinal, drama e ação são sempre bons parceiros. Então, não passe direto pela série quando acessar a Netflix; dando uma chance é bem provável que você a assista de "uma deitada só" e não se arrependa. Juro. Pode cobrar.



Quem já assistiu??
Deixe suas impressões nos comentário; vamos papear <3

Bem, isso é tudo, pessoal!
Comentários | FACEBOOK
34 Comentários | BLOGGER

34 comentários:

  1. Ju, você por aqui? Que bom ler suas resenhas aqui também!

    Eu ainda não assisti 3%, mas tenho lido opiniões bem positivas sobre ela então pretendo assistir sim! Distopias sempre são interessantes e poder ver o Brasil entrando nesse nicho com suas produções me deixa curiosa e orgulhosa! Gostei muito da resenha, como sempre :)

    Um beijo!
    Aline
    Inventando Assunto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Aline!! Estou colaborando aqui no Borboletas <3

      3% foi uma ótima primeira produção Netflix-Brasil. Há pontos baixos, como disse, mas vale a pena dar o play!

      Obrigada por comentar :)

      Excluir
  2. Oi, Ju!
    Menina, eu vi só o piloto porque eu estava em época de prova. Por enquanto acabou então vou aproveitar e terminar logo.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção de seis anos de Caverna Literária
    Participe do Natal Literário

    ResponderExcluir
  3. Ai Deus!! Eu tô surtando com essa série, mas me prometi que terminaria The Crown antes de começá-la. Tenho certeza que vou gostar muito!

    https://whoisllara.blogspot.com.br/2016/12/boa-noite-por-pam-goncalves.html

    ResponderExcluir
  4. Gostei da dica Aline. Essa é a segunda crítica positiva que leio a respeito de 3% e confesso que já estou ficando interessada pelo seriado. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  5. Oie,
    estou assistindo a série, acho que estou no 5 episódio da primeira temporada e confesso que estou achando bem mais ou menos
    Acho que melhorou agora a história, mas ainda tem muito o que melhorar.

    bjos
    Blog Vanessa Sueroz
    3 livros por 20 reais

    ResponderExcluir
  6. Muita gente vem falando dessa série, mas fico meio com um pé atrás com produções brasileiras (me julguem haha). Mas vou conferir e tirar minhas próprias conclusões, ainda assim gostei muito!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi, Ju.
    Ah eu gostei bastante da série, acho que o ideal é ir sem muita expectativa, sem comparações, só sentar e assistir rs.
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Sempre que vejo essa série em algum lugar, já tenho um aperto no coração. Estou assistindo a duas outras séries no momento e para balancear séries com estudos, acabo assistindo apenas um ep por dia e vou esperar terminar uma antes de começar outra. 3% parece ser incrível, não vejo a hora de começar a assistir...
    Adorei esse post!
    Bjs!

    -Ricardo, Blog Lapso de Leitura

    ResponderExcluir
  9. Eu já vi essa série no anúncio da Netflix, mas ainda não consegui clicar para assistir! E minha tia me disse que não curtiu muito, daí dei uma desanimada também. Mas, qualquer dia tiro minhas próprias conclusões!

    Beijos,
    www.coisasdepriscila.tk

    ResponderExcluir
  10. É a primeira resenha que eu li sobre a série. Achei que seria algo que está na moda em séries como o fim do mundo e apenas 3% sobreviveriam.
    Sendo algo mais parecido com Jogos Vorazes, me interessei mais.
    Irei assistir.
    Beijos, Aline
    Verso Aleatório

    ResponderExcluir
  11. Olá, Juliana.
    Eu assisti a série em dois dias. Não consegui largar de tanto que gostei. Concordo com você sobre a Joana, melhor personagem sem dúvida. Parecia que estava só lá na dela e acabou sendo uma das melhores. E concordo com você, faltou algo mas que eu ainda também não sei dizer.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  12. Oi, Juliana!
    Esses dias uma amiga compartilhou várias coisas sobre essa série, dizendo que gostou muito e tal. Mas eu não sabia do que se tratava. Como você disse, a premissa não é novidade. Mas ainda assim fiquei curiosa para conhecer por ser nacional. Vou tentar encaixar entre as dezenas que assisto atualmente.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  13. Oi, Juliana!
    Passei a sua resenha inteira com medo de dar de cara com algum spoiler, mas você não me decepcionou hahahhaha Estou ainda no episódio 4, mas adorei cada um que assisti até agora. Gosto da abertura que o Netflix está dando para o Brasil ter produções mais variadas, além dos gêneros comédia e drama. Beijinhos, Beatriz.

    O Diário de uma Escritora Iniciante

    ResponderExcluir
  14. Oi! Estes dias vi vários comentários sobre a série e já foi até renovada, não é? No momento estou com minha grade de seriados lotada, então vou deixar para uma outra hora.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  15. OOOOOI

    Acho que a culpa foi mesmo da netflix. Eu nunca tinha ouvido falar da série (como voc~e falou, ela é velha) até esses dias. Agora o facebook tá lotaaaaado de gente falando - principalmente bem - da história. Curiosíssima estou, claro :B Ver se sinto que falta algo ou se imagino um final surpreendente (? Q HAHAHAH

    beeeijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
  16. Muito obrigado :D De facto são produtos que valem imenso a pena :D

    Infelizmente não tenho grande tempo para ver séries o que me deixa solenemente irritado... nem sequer conhecia esta para te ser sincero. Ainda assim, fiquei extremamente curioso e expectante com a tua crítica. Super completa :D

    NEW BLOGGER TIPS POST | How do I manage my Instagram: Organization and Edition.
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderExcluir
  17. Uou!! PARA TUDO!!!
    Que série Maravilhosa!! Preciso assistir ela!!
    E esses personagens?? Perfeito!
    JP

    ResponderExcluir
  18. Não conhecia mas achei bem interessante hein!
    Adoro essas séries que viciam rs
    Bjus
    Taty
    Na Casa dos Abrantes
    Canal

    ResponderExcluir
  19. Eu assisti a série em dois dias e fiquei viciada, sério, depois que você começa não consegue parar de assistir, né? Achei algumas atuações meio fracas também, mas nada que me incomodasse ou me deixasse com vontade de parar de assistir, sabe? Adorei a resenha!
    Um beijão,
    Gabi do likegabs.blogspot.com ❣

    ResponderExcluir
  20. Olá, Ju. Realmente em 2011 teve no youtube e eu assisti justamente por lá. Infelizmente se não me engano só teve apenas 6 episódios. Um período em que a população brasileira ainda não era familiarizada com as séries. A série muito boa e recomendo. Mas eu ainda acho que sou a única que não assistiu a todos os episódios. Até mais! ♡
    Eutheromania e Hematomas

    ResponderExcluir
  21. Confesso que ainda não assisti a série por um certo preconceito. Eu já acompanhei tantas histórias distópicas que eu tenho certeza que vou acabar comparando a nacional com as americanas, e é óbvio que a nacional ainda está longe de chegar aos pés da americana, mas eu gostei de ver uma história "diferente" brasileira sendo produzida, além de novelas e etc. Foi uma boa aposta, apesar de já batida, infelizmente, mas é um passo.

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Parece ser uma boa série, já tinha visto uma piada no facebook, mas nao tinha entendido, haahaha

    Blog Diamante Turquesa
    Instagram

    ResponderExcluir
  23. MELDELS!!! Essa é a série que eu via uns curtas em 2009? O projeto era muito bom! Precisava muito de uma resenha assim! <3
    Então, (se for a série que eu via uns curtas no passado) eles demoraram muito para lançar! Poxa. Agora vai vim gente comparando com o mundo de jogos vorazes, divergente (já vi isso acontecer) e etc :~
    Mas não me interessa essa galera... Eu realmente amei e quero assistir o mais rápido possível *o*
    Beeijos

    htttp://www.utopiananuvem.com.br

    ResponderExcluir
  24. Eu to bem curiosa pra assistir essa série. Vi muitas pessoas comentando coisas boas e também coisas ruins, mas acredito que apenas assistindo eu poderei ter uma opinião mais concreta. Eu gostei bastante da resenha e da forma como foi explicado os personagens e o enrendo principal <3

    Beijos
    barbfurtado.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. Segunda resenha positiva que vejo dessa série só hoje HAHAHAHHA Agora que tenho Netflix tenho que ver essas séries, mas agora parece que estou exausta acho que porque terminei a faculdade, sei lá HAHAHAH Enfim... Quero ver essa série :3

    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
  26. Ai caramba, todo mundo falando desta série e eu boiando. Confesso que sua resenha foi a mais detalhada que vi até agora... espero ter tempo logo para assistir!

    Bjinhos,
    ❥AmigaDelicada.com.br

    ResponderExcluir
  27. Oi
    estou louca para assistir essa série, só que não estava tendo tempo, agora que fiquei desempregada posso tentar.

    momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  28. Oi Juliana, tudo bem?

    Eu escutei criticas muito positivas e outras muito negativas dessa série, tanto que quero assistir e tirar minhas conclusões. Que bom que pra vc foi bacana ver, espero tb gostar!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  29. Eu não estou numa faze de vê muitas séries, ando muito atulhada de coisas a ler, escrever, contar a vida está me afogando de um jeito que para e mergulhar numa série está se tornando um tipo de missão impossível. A parte isso, essa é a primeira resenha/texto que leio sobre 3%, vi, no entanto, muito comentários sobre ela no face alguns elogiando outros criticando e ainda muitos que criticavam quem criticava. Sua resenha despertou meu interesse pela série... estou as vésperas de minhas férias e olha vou colocar na minha lista pois desigualdades sociais e maneiras de combate-las é algo que sinceramente me interessa!

    #DoQueEuLeio

    ResponderExcluir
  30. Oi Juliana!
    Eu ainda não vi a série mas estou com vontade, pois adoro distopias. Gostei de tudo produzido pelo Netflix até agora, então vai ser difícil eu me decepcionar.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  31. Muita gente tinha me indicado essa série, mas ninguém me falou profundamente sobre ela, e esse post me explicou tudinho sem spoilers, e decidi que vou começar a assistir essa série HOJE! Hahaha! Amei o post, e seu blog é muito lindo! Parabéns!
    Cheiro de Pipoca

    ResponderExcluir
  32. Eu queria a tempos ver uma resenha dessa série e agora tô doida pra assistir já... rsrs
    Beijos!!!

    www.lendo1bomlivro.com.br
    @lendo1bomlivro

    ResponderExcluir
  33. É tão bom ver uma crítica que não está metendo o pau na série! Eu vi tanta gente falando horrores (e acho que grande parte é por síndrome de vira-lata mesmo). Ok, a série não é perfeita, mas é melhor que muitas séries que fizeram sucesso. E sim, a história parece meio "mais do mesmo", mas eu tentei ver levando em consideração que muito do "mesmo" com a qual comparamos ainda não existia quando a série foi escrita. Achei a série promissora e estou aguardando por mais Brasil na netflix! <3

    Beijinhos~
    C'est la Lola

    ResponderExcluir

Que bom saber que vai comentar, mas não vamos esquecer de algumas dicas de convivência:
✖ - Não ofenda ninguém, comentários ofensivos ou sem nexo com a postagem são apagados e não retribuídos.
✖ - Esse é um espaço aberto pra você opinar, debater e fazer criticas construtivas, use-o corretamente! Leia a postagem e diga o que achou, o que você pensa sobre o assunto e etc.
✖ - Muitas vezes não há tempo para responder todos os comentários na postagem, mas eles sempre são retribuídos, então deixe o link do seu blog ou rede social que eu irei faze-ló!
✖ - Alguma dúvida? Veja se na faq não tem a sua resposta e comente, responderei o mais rápido possível! ;)

Isso é tudo. Me sigam nas redes sociais Facebook | Twitter | Instagram | Skoob